Logótipo Mafra Logótipo Ericeira

Ribeira d’Ilhas

500 metros para norte fica a onda mais mediática da Reserva, na praia que é considerada a “sala de visitas” do surf português.

Situada num vale onde desagua uma ribeira, a sua configuração geográfica é a de um anfiteatro natural, ideal para a realização de eventos. Não por acaso, tiveram aqui lugar os primeiros campeonatos nacionais e internacionais realizados em Portugal. Ribeira d`Ilhas é uma longa direita de pointbreak (as ondas acompanham o contorno da costa) que recebe todo o tipo de ondulações e funciona em todas as marés, sendo a onda mais consistente da região. Com ondulações de W/NO Ribeira d’Ilhas pode proporcionar direitas de até 200 metros de comprimento. É uma onda muito valiosa e competitiva, pois permite os mais diferentes níveis de abordagem por parte dos surfistas.

Tipo de onda: direita comprida

Tipo de fundo: rochas e recife

Condições de maré: todas as marés

Condições de ondulação: todas as ondulações – condições ideais com O/NO

Condições de vento: de qualquer quadrante – condições ideais de SE a NE

Consistência: + + + + +

Ângulo de rebentação: 55º

Comprimento da linha de rebentação: 150 a 300 metros

Altura das ondas: 0,5 a 3,5 metros

Tipo de rebentação: progressiva/mergulhante

Nível de prática LIVRO7: 4 - Surfistas habilitados a executar take-offs logo de lado, num só movimento, para a direita e para a esquerda, em ondas não rebentadas, e com capacidade de suportar quedas em ondas poderosas de até um metro.

Praia Ribeira d’Ilhas -Fotogaleria