Logótipo Mafra Logótipo Ericeira

Igreja de Santo André, Mafra

A Igreja de Santo André (localizada na denominada “Vila Velha”, em Mafra) foi erigida durante o reinado de D. Dinis, no século XIV.

O monumento evoca as origens medievais de Mafra e foi construído por ordem da família donatária da vila à época.

O primeiro documento-referência da Igreja data de 1279 e os registos históricos existentes relativamente ao local de culto permitem antever que a sua construção estaria bastante evoluída, senão mesmo terminada, na primeira metade do século seguinte. Em 1344 foi sepultado no templo D. Diogo Afonso de Sousa, senhor de Mafra, Ericeira e Enxara dos Cavaleiros.

A Igreja de Santo André é um dos mais prestigiosos exemplos da arquitetura gótica paroquial. Escavações arqueológicas demonstram que, no século XVI, foi alvo de obras de preservação e até de melhoramentos, como exemplifica a construção da cobertura do corpo da edificação com uma abóboda. Em finais do século XIX encontrava-se em ruínas e só no início do século seguinte, mais precisamente em 1903, seria restaurada. As obras terminaram em definitivo em 1930 e cinco anos mais tarde a Igreja de Santo André foi distinguida como monumento nacional.

Para visitar a Igreja de Santo André dirija-se ao Complexo Cultural Quinta da Raposa (Mafra), a fim de solicitar a respetiva chave.

Coordenadas GPS: N 38.9364628, W-9.3379712

Igreja de Santo André