Logótipo Mafra Logótipo Ericeira

Coxos

Inserida numa paisagem que se mantém intacta desde que começou a ser frequentada, no início dos anos 70, a onda dos Coxos é a que melhor simboliza o espírito dos surfistas locais e os valores pelos quais a Reserva se rege: proteção e sustentabilidade.

Formada por um recife que apresenta um declive suave e uniforme até meio da Baía dos Dois Irmãos, oferece uma clássica configuração de pointbreak, com a linha de rebentação a acompanhar o contorno da costa do início ao fim. É uma onda potente, com diferentes secções e que funciona com várias direções de ondulação, sendo que em condições ideais proporciona tubos com vários segundos de duração. A dedicação dos locais a esta onda foi a faísca inicial que despoletou o processo de candidatura a Reserva Mundial de Surf.

Tipo de onda: direita comprida e potente, com várias secções tubulares

Tipo de fundo: recife

Condições de maré: maré vazia a meia maré enchente ou vazante

Condições de ondulação: todas as ondulações – condições ideais com O/NO

Condições de vento: de SE a NE

Consistência: + + + +

Ângulo de rebentação: 40º

Comprimento da linha de rebentação: 150 a 300 metros

Altura das ondas: de 0,5 a 3,0 metros

Tipo de rebentação: mergulhante

Nível de prática LIVRO7: 6 - Surfistas com capacidade de completar com controlo as 7 manobras e estar à vontade debaixo de água em ondas poderosas de pelo menos 2 metros.

Coxos - Fotogaleria