Procissões da Quaresma de Mafra em conferência

A primeira das conferências promovidas no âmbito das comemorações do tricentenário do Real Edifício de Mafra foi dedicada ao conjunto único das Procissões da Quaresma da Vila de Mafra, um das mais originais e relevantes manifestações religiosas que remonta ao período áureo da construção do monumento. A iniciativa, que decorreu na Galilé do Palácio Nacional de Mafra, contou com a participação dos reputados historiadores Paulo Fernandes, Manuel J. Gandra e Eva Neves, culminando com uma demonstração do cântico das “Três Verónicas” da Procissão do Enterro do Senhor e uma visita comentada às imagens da Procissão de Penitência da Real e Venerável Ordem Terceira de S. Francisco de Mafra.

As procissões da Quaresma (Senhor dos Passos, Terceiros, Burrinha e Enterro), organizadas pela Paróquia de Santo André e pela Irmandade do Santíssimo Sacramento, mantêm, ainda hoje, no essencial, as características conferidas na época Barroca, mas que foram objeto, ao longo do tempo, de pontuais restauros e revitalizações. Subsiste, ainda, um rico património móvel associado, designadamente as imagens escultóricas dos andores, realizadas por importantes artistas que deixaram o seu nome na História da Arte do monumento.

Reconhecendo que estas celebrações são uma relevante expressão da cultura religiosa que faz parte da identidade local, foram declaradas, pela Câmara Municipal, como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal.
 

Consulte:

Procissões da Quaresma de Mafra em conferência