Pegada Ecológica

A Pegada Ecológica refere-se à quantidade de terra e água (medida em hectares) que seria necessária para sustentar as gerações atuais, tendo em conta todos os recursos materiais e energéticos, gastos por uma determinada população. Esta expressão traduzida de Ecological Footprint, foi usada a primeira vez em 1992 por Mathias Wackernagel e William Rees, na Universidade de Colúmbia Britânica. Em 1995, Wackernagek e Rees publicaram um livro denominado “Our Ecological Footprint: Reducing Human Impact on the Earth”.

Na Cimeira Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, que decorreu em Joanesburgo em 2002 (Rio+10), a Pegada Ecológica foi considerada um importante indicador de sustentabilidade porque permite estimar a pressão humana global sobre os ecossistemas, agregando indicadores em áreas essenciais da nossa sociedade, tais como: habitação, resíduos, transportes, alimentação, consumo de recursos naturais, energia, produtos e serviços.

Em Portugal a Pegada Ecológica é de 4,12 hectares por pessoa. Se a população mundial tivesse um estilo de vida igual ao dos portugueses, equivalia a 2,32 planetas. O valor ideal, a nível mundial, era não ultrapassar 1,8 hectares.

Sabe o verdadeiro impacto da sua atividade no planeta?

E se toda a população tivesse o mesmo comportamento?

Se todos os cidadãos do mundo tivessem os seus hábitos, quantos planetas seriam precisos para sustentar a humanidade?

Calcule a sua pegada ecológica a partir de um destes sites:

http://www.myfootprint.org/

http://footprint.wwf.org.uk/

http://www.pegadaecologica.org.br/

http://www.myclimate.org/

O Município de Mafra pretende com esta iniciativa reforçar a sua estratégia de sustentabilidade e de consciencialização dos cidadãos para a necessidade de refletir sobre os seus hábitos e o impacto destes sobre o planeta.