João Vaz

Membro do Júri

Member of the Jury

Natural de Lisboa, João Vaz diplomou-se em Órgão pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), sob a orientação de Antoine Sibertin-Blanc, e pelo Conservatório Superior de Música de Aragão em Saragoça, onde estudou com José Luis González Uriol, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. É também doutorado em Música e Musicologia pela Universidade de Évora, onde apresentou uma tese sobre a música portuguesa para órgão de finais do século XVIII, sob a orientação de Rui Vieira Nery. Tem mantido uma intensa atividade a nível internacional, quer como concertista, quer como docente, em cursos de aperfeiçoamento organístico. Efetuou diversas gravações discográficas, e leciona atualmente Órgão na ESML. É titular do órgão da Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa e diretor artístico do Festival de Órgão da Madeira. Foi consultor permanente para o restauro dos seis órgãos da Basílica do Palácio Nacional de Mafra e é o Diretor Artístico, por Mafra, na rede ECHO.

 

Born in Lisbon, João Vaz graduated in organ at Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), studying with Antoine Sibertin-Blanc, and at the Conservatorio Superior de Música de Aragón in Zaragoza, where he studied with José Luis González Uriol on a scholarship from the Gulbenkian Foundation. He also holds a doctorate from the University of Évora, having submitted a dissertation on late-eighteenth-century Portuguese organ music, directed by Rui Vieira Nery. He has been extremely active internationally as a concert performer and teacher, in organ courses. He has made a number of recordings, and currently teaches organ at the ESML. He is titular organist of the Church of São Vicente de Fora, in Lisbon and artistic director of the Madeira Organ Festival. He was the permanent advisor for the restoration of the six organs of the Basilica of the National Palace of Mafra and is the Artistic Director, for Mafra, in the ECHO network.