Prémio Internacional de Composição – Órgãos do Palácio Nacional de Mafra

O “Prémio Internacional de Composição – Órgãos do Palácio Nacional de Mafra” é promovido pela Secretaria de Estado da Cultura e o Município de Mafra, com periodicidade bienal

Este prémio tem como objetivo distinguir compositores que apresentem peças destinadas ao referido conjunto instrumental, que é único no mundo não só pelo seu número, já de si notável, mas pelo facto dos seis órgãos históricos da Basílica de Mafra terem sido concebidos originalmente para tocar em conjunto. Esta iniciativa visa gerar uma dinâmica de valorização deste património único.

Os grandes vencedores deste Prémio foram Gianni Giacomazzo (Itália), com a partitura intitulada “MUSIIKKI HENKI”, e João Pedro Oliveira (Portugal), com “Ma Mére L’Oye (Ravel)”, respetivamente nas categorias A (composição de uma obra original para seis órgãos) e B (transcrição para seis órgãos de uma obra existente). O referido compositor português foi, ainda, distinguido com uma menção honra na categoria A, pela autoria da partitura denominada “6 Alleluias”.

Consulte aqui o regulamento e o dossier técnico.